domingo, 30 de outubro de 2011

E se o mundo parasse agora para te ouvir?






Olá Pessoal!

Depois de um bom tempo sem aparecer aqui, agora com um novo recorde de mais de 1 mês, o qual não prometo não aumentar!

Passei diversas vezes por aqui, digitei umas idéias desconexas e depois ao chegar ao fim, percebia que não tava nada coerente e não publicava...

Estava precisando de uma graaaande e gigantesca idéia pra trabalhar em cima.

Até que em um fim de noite uma pergunta totalmente randômica me é apresentada via facebook...


"... e se o mundo parasse agora pra te ouvir... o que exatamente vc diria de importante, aproveitaria a chance pra falar com quem realmente ama, ou voce não seria tão egoista assim?"
Com todos os direitos autorais ao Matheus, grande amigo!


Realmente, não sei responder a essa pergunta...mas tenho algumas opções do que aconteceria.

Suponhamos que você está lá e de repente surge um "Vamos lá caro amigo! o Mundo está te escutando!"

No mínimo você ficaria sem fala por uns segundos, processando o que seria dito posteriormente. Se você realmente acha que não vai passar por essa fase, você precisa se treinar um pouco para não falar besteira ao conversar com qualquer pessoa.

Em outra fase da minha vida, diferente da que estou no momento, acho que não seria muito egoísta e diria uma mensagem bem legal, que servisse de conselho, ou não, a todos e que pudessem mudar um pouco suas vidas. Isto é se eles forem seguir o que estou falando.

Antes me considerava uma pessoa mais sentimental e bem enternecida, movida pelos sentimentos e pelo coração.

Isso é legal, até certo ponto.

Como diz uma certa citação: O miserável receio de ser sentimental é o mais vil de todos os receios modernos.

Esse receio moderno, um pouco que me assombra certos dias...
Então, creio que se o mundo me escutasse em algum dia desses, eu seria egoista! sim!

Porque as vezes tenho como idéia de que o mundo não quer e não precisa ouvir ninguém. Isso porque nada do que fosse dito, mudaria o que já está plantado.


Mas enfim,

acho que a parte que eu não seria egoísta é mais a mais importante aqui né.

Acho que minha mensagem se resumiria a reforçar a idéia que só iremos melhorar como pessoas se acreditarmos um pouco mais em cada um de nós.

Todos temos uma capacidade, todas muito diferentes entre si, e que cada experiência que passamos é somente para reforçar essa nossa capacidade, e nos reafirmarmos diante dela.

Se você acha que tem a capacidade de promover a paz mundial, que se esforce para tal. E consiga ao menos espalhar a paz no seu bairro.

E para chegarmos ao ápice desta capacidade, temos que ir agregando conhecimentos e experiências cada vez mais.

Conhecimento nunca é demais. Até mesmo aqueles fora de sua área e interesse. Um dia você irá precisar dele.

O que complementa tudo isso para harmonização total é enxergar que a pessoa que está ao seu lado também está neste mundo com este objetivo, e por isso precisa de respeito!

Sei que é bastante utópico, mas é o certo.

Infelizmente, a maioria não segue isto...e cabe a você se encaixar ou não.

Os que não se encaixam, se tornam inviáveis à sociedade. Isso é factual.
E por incrível que pareça, andar nesta corda bamba inclui o pacote de ser um pouco egoísta e ambicioso às vezes.


e você?

o que diria se o mundo parasse para te ouvir?

3 comentários:

  1. Primeiro, parabéns por transformar essa idéia numa grande postagem, e sem dúvida a pergunta é intrigante, e ao mesmo tempo assustadora...hehehehehe

    Acho que diria ao mundo, para as pessoas, que elas deveriam aproveitar aquele momento, em que pararam pra me ouvir, para ouvirem mais. Pessoas, sejam menos falantes e mais ouvintes, sejam menos juízes e mais advogados, sejam mais que seres humanos, sejam humanos, e acima de tudo, sejam felizes, dispam-se de orgulho, soberba, maldade, e abram seus olhos, mente e coração para o que a vida e as pessas tem de bom, porque no final das contas, o que importa mesmo é o que somos, e não o que queremos ser!

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. estou seguindo seu blog, ok?
    se puder me retribuir no: http://novadiaria.blogspot.com/ ficarei grato!

    ResponderExcluir
  3. Luciano:


    Se o mundo parasse para me ouvir eu diria pouco. Diria que o as pessoas precisam ter objetivos, pois quando trabalhamos sem objetivos concretos o máximo que podemos conseguir são realizações insignificantes que não adicionam nada em nossas vidas. Diria para o jovens estudarem mais, pois, sem estudo nunca melhoraremos como seres humanos. Diria para pessoas pararem de proporcionar boa vida a jogadores, donos de loterias, pilotos de corrida, etc, pois essas pessoas não contribuem em nada para o desenvolvimento da sociedade. Diria que religião alguma te livra do inferno, isso porque o inferno não existe e diria também para valorizarem a ciência pois todos vemos o quanto essa área contribui para o nosso crescimento.
    e finalmente diria que a felicidade é relativa, que se queremos podemos.

    Abram os olhos. abraços

    ResponderExcluir